Logótipo da Númena
> ACESSO DOS IMIGRANTES                              AOS SERVIÇOS BANCÁRIOS EM PORTUGAL

Capa do estudo Banca e ImigrantesAutores:

Bruno Dias, Elisa Silva, Rahul Kumar e Tiago Ralha

Neste estudo levado a cabo por uma equipa da Númena, que contou com co-financiamento do ACIDI, conclui-se que a difícil situação económica que os imigrantes enfrentam, bem como a sua vulnerabilidade laboral, são provavelmente o principal obstáculo ao acesso dos imigrantes aos serviços bancários. À situação de vulnerabilidade económica e de precariedade laboral, temos de somar alguns factores ligados à própria condição de imigrante. Os imigrantes estão geralmente associados a uma maior mobilidade e, portanto, a um maior risco de não cumprirem as suas obrigações. Para além disso, muitos cidadãos estrangeiros residem em Portugal indocumentados. As barreiras culturais e linguísticas são outros factores a dificultar a relação dos imigrantes com os bancos. No estudo é ainda apresentado um conjunto de medidas que poderiam melhorar o acesso dos imigrantes aos serviços bancários em Portugal.

Dias, B.; Silva, E.; Kumar, R.; Ralha, T. (2009). Acesso dos imigrantes aos serviços bancários em Portugal (Estudos OI; 36). Lisboa: ACIDI,IP. 101 p., ISBN 978-989-8000-88-0


> INCÊNDIOS FLORESTAIS: CAUSAS E ATITUDES

Capa do livro Incêndios Florestais: causasAutor:

José Maria Pereira Coutinho

A presente publicação tem por base dois estudos realizados pelo autor nos anos de 2006 e 2007, que tiveram como objectivo prioritário contribuir para melhorar o conhecimento das causas dos incêndios florestais, numa perspectiva sociológica, e das atitudes das populações em relação aos incêndios, ambiente e floresta. A sua utilidade revela-se no facto de os agentes envolvidos na defesa da floresta contra incêndios se questionarem e reflectirem sobre as causas dos mesmos; no facto de se ter começado a perceber, em determinadas zonas, as causas mais relevantes, por onde se devem desenvolver a análises mais profundas e por se ter oferecido um conjunto de hipóteses sobre as causas em determinado município. Estes estudos permitiram testar, ao mesmo tempo, um conjunto de ferramentas metodológicas, concluindo-se que, para o estudo sociológico, a análise do caso, através de entrevistas, conversas, observação e documentação prévia, se apresentam como as mais adequadas.

Coutinho, José (2009). Incêndios florestais: causas e atitudes. Porto Salvo: Númena. 67 p., ISBN 978-989-95244-2-2


> RESEARCH SURVEY ON MIGRANT'S EXPERIENCES ON RACISM AND XENOPHOBIA IN PORTUGAL

Capa do livro Migrants' Experiences Autores:

Tiago Santos (Coord.), Catarina Reis Oliveira, Edite Rosário, Rahul Kumar e Elisabete Brigadeiro

Com a publicação deste trabalho de investigação procura-se dar a conhecer as experiências de racismo e xenofobia vividas na sociedade portuguesa por grupos minoritários numa pluralidade de papéis e contextos que vão desde a recusa de entrada numa loja ou restaurante aos insultos e violência nas ruas, passando pela formação de amizades e pela força dos laços subjectivos com Portugal. A metodologia utilizada é quantitativa e firma-se num inquérito por questionário a amostras representativas de quatro grupos imigrantes e uma minoria étnica nacional. São eles os cidadãos do Brasil, de Cabo-Verde, da Guiné-Bissau e da Ucrânia que residem em Portugal, bem como os ciganos portugueses.

Santos, T. et all (2009). Research Survey on Migrants' Experiences of Racism and Xenophobia in Portugal. Porto Salvo: Númena. 120 p., ISBN 989-95244-0-9


> OS SERVIÇOS SOCIAIS AO SERVIÇO                   DA INCLUSÃO SOCIAL: O CASO DOS CIGANOS

Capa da PublicaçãoAutores:

Tara Bedard e Larry Olomoofe (Coord.)
Contribuição Portuguesa: Bruno Peixe, Tiago Ralha, Rahul Kumar e Edite Rosário

O projecto que deu origem à Publicação Os Serviços Sociais ao Serviço da Inclusão Social: o caso dos Ciganos, foi parcialmente financiado pela Comissão Europeia através de concurso público no âmbito do Programa de Acção Comunitária de Combate à Exclusão Social 2002-2006. A investigação em causa é de matriz comparativa, tendo-se realizado também, para além de em Portugal, em França e na República Checa. A entidade promotora do projecto foi o European Roma Rights Centre e o objectivo avaliar a qualidade do acesso da comunidade cigana a determinados serviços do Estado: pensões, segurança social, saúde e habitação social. O resultado viria a ser publicado em Março 2007, tendo a Númena promovido, para efeito do lançamento, uma conferência internacional que teve lugar em Lisboa.

ERRC/ Númena
(2007). Os Serviços Sociais ao Serviço da Inclusão Social: O Caso dos Ciganos – Avaliando o impacto dos Planos nacionais de acção para a inclusão social na República Checa, em França e em Portugal. Budapest: ERRC; Porto Salvo: Númena. 88 p., ISBN 978-963-86955-8-1


> RECLUSOS ESTRANGEIROS EM PORTUGAL ESTEIOS DE UMA PROBLEMATIZAÇÃO

Capa da Publicação

Autores:
Tiago Santos e Hugo de Seabra

O exercício de 2006 foi marcado pela publicação de Reclusos Estrangeiros em Portugal – Esteios de uma Problematização, o segundo numa série de estudos sobre a relação entre os estrangeiros e o sistema de justiça que foi financiada pelo ACIME. Trata-se do resultado directo do projecto homónimo, que foi desenvolvido durante o exercício de 2005 tendo por base empírica séries cronológicas de dez anos (1994-2003), tendo sido este último objecto de particular atenção, obtidas a partir da base de dados da Direcção Geral de Serviços Prisionais.
Santos, T.; Seabra, H. (2006). Reclusos Estrangeiros em Portugal – Esteios de uma Problematização. Lisboa: ACIME. 132 p., ISBN 989-8000-17-1


> A CRIMINALIDADE DE ESTRANGEIROS                EM PORTUGAL – UM INQUÉRITO CIENTÍFICO

Capa da PublicaçãoAutores:

Tiago Santos e Hugo de Seabra

O livro A Criminalidade de Estrangeiros em Portugal – Um Inquérito Científico, vindo a lume em Maio de 2005, resulta do projecto homónimo iniciado no exercício de 2004. A publicação suscitou considerável impacte mediático e tornou-se mesmo o catalizador de um importante debate público. Este acolhimento favorável terá motivado o ACIME a optar por encomendar a esta equipa de investigadores da Númena uma segunda investigação – focada já não na criminalidade mas sim no encarceramento – que veio a ser publicada em 2006.
Santos, T.; Seabra, H. (2005). A Criminalidade de Estrangeiros em Portugal – Um Inquérito Científico. Lisboa: ACIME. 224 p., ISBN 989-8000-11-

Versão para Impressão


Arrastar para navegar pelo texto
Ilustração com biblioteca